Avaliação no Ensino Fundamental

A AVALIAÇÃO NO ENSINO FUNDAMENTAL

A avaliação do rendimento escolar no Ensino Fundamental (1º ao 5º ano), priorizará qualidade, sendo contínua e cumulativa:

  • sua função será formativa na medida em que lhe caberá o papel de subsidiar o trabalho pedagógico;
  • será instrumento fundamental para repensar e reformular os métodos, os procedimentos e as estratégias de ensino para que realmente o aluno aprenda;
  • no 1º ano será feita por meio de atividades avaliativas de escrita e relatórios individuais;
  • do 2º ao 5º ano será feita a partir de trabalhos escritos individuais e em grupo, bem como da participação e rendimento do aluno nas diversas atividades propostas, graduando-se as avaliações numa escala de zero a 10.
  • A promoção será feita na medida em que o aluno demonstre ter atingido os objetivos propostos para cada série, adquirindo o mínimo exigido para a continuidade de seus estudos na série seguinte, ou seja, média 6,0(seis) em cada componente curricular.

    As avaliações de Língua Portuguesa, Matemática, Ciências, História e Geografia, dos alunos do 2º ao 5º anos, serão realizadas por meio da aplicação de testes quinzenais valendo 2,0. As provas escritas, que são bimestrais, valerão 8,0. A soma da nota dos testes e das provas será registrada no boletim do aluno.

  • Em Inglês e Ensino religioso a prova valerá 10.
  • Em arte, a prova valerá 5,0 e a prática das técnicas aprendidas pelo aluno 5,0.
  • Os resultados das avaliações dos alunos serão entregues às famílias, bimestralmente, pelos professores.

    As faltas registradas serão somadas e verificados os limites regimentais de frequência.

    A recuperação paralela ocorrerá durante o processo, por meio de um apoio pedagógico oferecido aos alunos, duas vezes por semana, em horário invertido ao que ele estuda, com o objetivo de desenvolver as habilidades ainda não desenvolvidas em cada componente curricular. Serão trabalhados os objetos de conhecimento necessários para a continuidade do processo. O boletim dos alunos que participarem desse apoio será acompanhado de um relatório no qual serão registrados os seus avanços.

    A recuperação especial ocorrerá, ao final do 4º bimestre, para os alunos que não atingirem a média 6,0(seis) em qualquer componente curricular.

    A época da recuperação especial é indicada no Calendário Escolar e oportunamente serão elaborados os planos desta.

    O resultado da prova de recuperação faz média aritmética com a média anual alcançada, obtendo-se, assim, a média final do aluno.

    É considerado recuperado o aluno cuja média final for igual ou superior a 6,0(seis) nos componentes curriculares respectivos. É considerado retido o aluno que obtiver média final inferior a 6,0(seis) nos componentes curriculares submetidos à recuperação.

    A Escola Imaculada está em Goiânia desde 1971.

    Agende uma visita